Vitor Raposo

Lisboa, Lisboa
Receba até 5 propostas de profissionais como Vitor Raposo. Pedir Proposta

Sobre Vitor Raposo

Que tipo de serviços realiza? Como se destaca o seu serviço dos demais?

Foi com muito suor que fiz o meu curso na etic (design de comunicação e multimédia ) pois era trabalhador estudante. Findo o curso, fiz um estágio profissional que me indicou claramente o que não queria. E o que era isso? Trabalhar numa empresa familiar a fazer artes finais.

Assim, conheci a netmais onde dei os primeiros passos como webdesigner e onde aprendi muito de front end e desenvolvimento Web.

Recebi um convite para ser professor assistente na etic e não pude recusar estar em contacto com pessoas a fervilhar de ideias novas.

O percurso, acabando o ano lectivo na etic era claro para mim: Trabalhar em ambiente de agência (Think). Foi o que fiz. Como designer gráfico primeiro para ser director de arte depois e mais tarde supervisor da área digital. Estive nesta agência 6 anos e naquele momento senti que era melhor agarrar outro desafio, e assim foi.

Na Câmara Municipal de Cascais tive duas missões. Uma, dotar os designers residentes de um upgrade nas ferramentas de design e metodologias de trabalho mais actualizadas. Outra, criar um protocolo e norma para o rebranding da marca.

Depois surgiram as Farmácias Holon, um grupo em crescimento. Quando entrei eram 114 farmácias e quando sai eram 368. Fui responsável pela uniformização da linguagem e comunicação de todas as farmácias como ponto de venda bem como da comunicação B2C da marca.

Daqui, saio para o mais hercúleo dos desafios: Ser Director de Marketing numa empresa de consultadoria (Status Knowledge) que opera maioritariamente na indústria alimentar.
Desde a elaboração até à aplicação do plano de marketing anual da empresa bem como gestão de projectos de vários clientes em áreas como branding até ao posicionamento no social media. Claro que nada disto foi feito sem a colaboração de uma equipa de 6 elementos liderada por mim. 3 developers 2 designers e um copywriter.

Saí para a Content Ignition para ser UX / UIdesigner pois além de ter soft skill's naturais para lidar com pessoas e para liderar, senti a falta do hands on job. É aqui que uso a minha capacidade de perceber os problemas das pessoas e resolver isso em produtos/aplicações na área digital. Tornei-me um especialista em comportamento humano.

Hoje, acredita-se, que o principal do mercado digital é Mobile First. Acredito, pela minha experiência enunciada acima, que o principal posicionamento do mercado é e deve ser Human First.
Localização
Lisboa Lisboa
Contacto
Disponível
Registo na Fixando
28. Dezembro 2017
Contratações na Fixando
1
Ano de início de atividade
2006
Linkedin
Verificado

Fotografias