04.10.2019 - 11:25

Ruana S.

Advogado de Direito dos Consumidores - 4600 - Amarante (São Gonçalo), Madalena, Cepelos e Gatão

- Amarante
  • Informações adicionais ou disponibilidade de contacto:

    Vivo em Valência, Espanha O contato pode ser por WhatsApp (34) ou por email
  • Que tipo de serviço procura?

    Consulta / aconselhamento
  • Problema enquanto consumidor

    Apresentar uma queixa
  • Descrever o que aconteceu

    Eu, Nicolas Gomez de Almeida gostaria de formalizar uma reclamação referente aos serviços prestados para mim e minha esposa no dia 28 de Agosto de 2019 ás 8:00 horas na ESTAÇÃO LISBOA – AEROPORTO, Realizamos uma reserva de locação de veículo para os días 28, 29 e 30 de agosto do ano de 2019, através da página Rentalcars.com no valor de 86.95 (EUR), com pagamento efetivado no dia 8 de junho de 2019 Número da reserva: . No dia 28 de agosto ao chegarmos no balcão da locadora os funcionarios negaram nossa retirado do veículo alegando que a carteira de conduzir apresentada não teria um ano de expedição, por tratar se de uma troca de carteira brasileira para española a mesma possui a ultima data de expedição no país Espanha, porém logo abaixo no verso do mesmo documento aprensentava a real data de expedição da mesma, que é datada de 12 de novembro de 2010. Sendo assim, por falta de atenção, competencia e conhecimento do responsavel na locadora, o mesmo não nos permitiu retirar o carro que já estaba reservado e pago a muito tempo antes. Na situção de exaustos por uma viagem de 23 horas de origem e e destino Brasil – Portugal, Lisboa, o mesmo funcionario somente nos deu a opção de realizar outro aluguel de outro veículo naquele exato momento, assim nos privando de reutilizar a reserva já paga e nos obrigando a realizar o pagamento de uma nova reserva no valor de 126,00 Euros, efetuando a reserva em nome da carteira de habilitaçao da minha esposa Ruana Ferreira de Souza. Como se não fora o bastante… Ao voltar na empresa no dia 30 de agosto de 2019, os funcionarios da empresa demoraram para realizar a devolução do carro , sendo que chegamos na porta da mesma as 7:30 horas da manhã, também tardando em realizar o translado até o aeroporto o motorista nos deixou na porta do aeroporto as 8:45 horas da manhã, para embarcar no voo que estava com horario de partida previsto para às 8:55 horas da manhã do dia 30 de agosto de 2019, a partir disso como consequencia nos fazendo perder o voo de destino a Valencia – Espanha por simples incompetencia e atrazos de funcionarios de balcão e motorista. Nesse mesmo dia cansados e traumatizados por consequencia de todo um serviço prestado de pésssima qualidade fomos obrigados a realizar a compra de novos bilhetes de voos com destino a Valencia, os voos para aquele dia estavam lotados e o único possivel de embarque foi o de partida ás 22 horas do mesmo dia, no valor de 408,11 Euros. Sem outra opção, compramos os bilhetes de valor absurdo e passamos o pior dia de nossas vidas no salão do aeroporto de Lisboa, sem telefones e dinheiro para comunicação e alimentação. Através desse relato de más experiencias, gostaria de solicitar o reembolso total dos prejuizos causados pela empresa Turisprime Portugal.
  • Onde gostaria que o serviço fosse realizado?

    Na localização do cliente
    Na localização do Profissional (máx. 100 km de distância)

Também precisa de advogado de direito dos consumidores?

Pedir propostas

Para contactar Ruana S. e candidatar-se a esta oferta de trabalho, registe-se na Fixando: